Índice
Pesos e Medidas 18_B -
Relações e Tabelas entre  pesos e medidas.

Objetivo e Referências       Marcos e datas da pesquisa     <>    Índice de Pesos e Medidas

- Índice

Equivalências entre unidades - (B1) e (B2) -.

Conversões entre medidas.

Observação - As diferenças das diversas medidas entre as bíblias, ocorre em primeiro lugar devido a aproximações, e em segundo lugar aos valores das medidas originais representarem números simbólicos da bíblia, como por exemplo 7, 12, 40, e outros, e quando se faz a conversão os números resultantes não possuem o valor simbólico. Em função disto, a bíblia 2 algumas vezes faz conversões para as medidas atuais com valores incorretos, porém tentando manter o simbolismo.

A transformação simples das medidas retira o valor simbólico dos textos, portanto creio ser mais importante manter as medidas originais e ter à parte uma tabela que nos permita saber estas medidas reais de comprimento, volume ou peso.

Nossa tabela faz a conversão para metros, litros e quilos.

Recomendamos que leitores que utilizem outras medidas, como por exemplo polegada, que façam a reconversão, para terem uma idéia melhor das grandezas destas medidas.

- (B2) - As moedas começaram a ser usadas na Anatólia no séc. VII aC. Seu uso se torna mais conhecido a partir da época persa, passando depois para a Grécia. Com Alexandre Magno o sistema monetário ático se estende a todo o Império. Nele se basearam também os romanos. Na Bíblia as moedas começam a ser mencionadas somente a partir da época helenística (período dos Macabeus). Os 400 siclos de prata que Abraão dá pela compra da gruta de Macpela (Gn 23,15s), por exemplo, não são moedas, e sim pesos.

As moedas seguir mencionadas nas tabelas serviam para as várias, cidades gregas e romanas que tinham o direito de cunhar moedas, como Tiro, Jerusalém, Ascalon, Gaza, Cesaréia Marítima, as cidades da Decápole, etc. Direito de cunhar moedas possuíam também os Hasmoneus, os Herodes, os Procuradores romanos. Houve emissões de moedas também durante a primeira (66-70 dC) e segunda revolta judaica (132-135 dC).

Obs. 1 - As tabelas a seguir foram retiradas da Bíblia 2, e complementadas com a Bíblia 1, porém na Bíblia 2 há referências que atribuem outros valores à mesma unidade. Ex.: Pela tabela 1 ciclo = 11,4 g, e conforme Lev 27:25 Qualquer avaliação será feita de acordo com o siclo do santuário, cujo peso corresponde a dez gramas.

Obs. 2 - As relações entre as medidas, não correspondem com exatidão às relações entre os valores das mesmas, ex. 1 ciclo = 11,4 g, e 1 talento = 3.000 siclos = 34.200 g e não 34.272 g como na tabela.

Índice

- Refer. - Descrição

Equivalências entre unidades - (B1) e (B2) -  Índice PMD 18B

Coro = Homer

Ez 45:10 a 12

Efi = Efá

Ez 45:10 a 12

Bato = Bat

Ez 45:10 a 12

Coro = Tonel

1Rs 5:25

1 siclo = 20 óbulos Lev 27:25

Relações entre unidades.  Índice PMD 18B

1 Coro

10 Efi

Ez 45:10 a 12

1 Coro

10 Bato

Ez 45:10 a 12

1 Coro

1 Homer

Ez 45:10 a 12

1 Sextário

1/6 Efi = 7,5l

Ez 46:14; Ez 45:10 a 12

1 Gab = 2 litros ???

1/3 de Hin ???

Ez 46:14

10 Gomor

1 Efi = 1 efá

Êx 16:16;  Êx 16:36;

Êx 16:35 - comentários - B2 -

1 Efi = 1 Bato = 45 litros ou Kg

3 arrobas = 3 alqueires

Rt 2:17

Índice PMD 18B

Gomor = 4,5 litros = 0,1 efi

Êx 16:16 - B1 - E eis que o Senhor ordena: Cada um apanhe dele quanto for necessário para comer. Tomai um gomor para cada pessoa, conforme o número daqueles, que houver em cada tenda.

Êx 16:16 - B2 - 16 Moisés lhes disse: “Esse é o pão que o Senhor vos dá para comer. Eis o que o Senhor vos mandou: Recolhei a quantia que cada um de vós necessita para comer, quatro litros e meio por cabeça, de acordo com o número de pessoas; cada um recolherá para os que moram em sua tenda”.

Êx 16:36 - B1 - O gomor porém é a décima parte de um efi.

Êx 16:35 - comentários - B2 - 16,35. O TM acrescenta a frase: “O gomor é a décima parte do efá”. Para estas medidas antigas veja o apêndice .

Efi = efá = 45 Litros - medida de grãos

Efi = 3 arrobas = 3 alqueires = 45 litros ou Kg - medida de grãos - Rt 2:17 - B2 -.

Rt 2:17 - B2 - 17 Assim esteve ela respigando no campo até à tarde; e quando debulhou o que tinha colhido, obteve cerca de três arrobas (- B1 - um efi de cevada, isto é, 3 alqueires) de cevada.

Wikipedia - Modernamente, em Portugal (onde ainda é utilizada para pesar a cortiça) e no Brasil (onde é utilizada para pesar os porcos e o gado bovino), a arroba métrica foi arredondada para 15 kg.

Bato = bat = 45 Litros - medida de líquidos

Coro = 10 efi = 10 bato = 450 litros

Homer = 1 coro = 450 litros

Gera = 20 siclos

Mina = 50 siclos

Ez 45:10 a 12 - (B1) - 10 Será justa a vossa balança, e justo o efi, e justo o bato. 11 O efi, e o bato serão iguais, e de uma mesma medida: de sorte que o bato tenha a décima parte do coro e o efi tenha  a mesma décima parte do coro. O seu peso será igual, por ordem, à medida do coro. 12 E o siclo tem vinte óbulos. Ora vinte siclos, e vinte e cinco siclos, e quinze siclos fazem uma mina. (Neste caso temos 20+25+15 = 60 siclos = 1 mina)

Ez 45:10 a 12 - (B2) - 10 Tende balanças exatas, um efá e um bat exatos. 11 O efá e o bat terão a mesma capacidade. O bat contém um décimo do homer e o efá contém um décimo do homer. O homer é a medida-padrão para determiná-los. 12 Um siclo eqüivale a vinte geras, cinco siclos serão cinco siclos, dez siclos serão dez siclos, e cinqüenta siclos serão para vós uma mina.

Ez 45:13 e 14 - (B2) - (O efi (efá) é usado para medidas de grãos (trigo e cevada), e o bat (bato) para medidas de líquidos (azeite).) - 13 Este é o tributo que devereis separar: A sexta parte de um efá de cada homer de trigo, e a sexta parte de um efá de cada homer de cevada. 14 Taxa do azeite a ser medido pelo bat: um décimo de bat de cada coro, sendo que dez bat eqüivalem a um coro, pois dez bat são um coro.

Gab = 2 litros

Hin = 6 litros ou 8 litros ou 9 litros ??? - Pesquisar em outras bíblias -

Ez 46:14 - (B1) - E oferecerás todas as manhãs em sacrifício por este cordeiro a sexta parte de um efi de farinha, e a terça parte de hin de azeite, para se misturar com a farinha : este é o sacrifício que ele está obrigado, segundo a lei, a oferecer ao Senhor, que deve ser perpétuo, e de cada dia.

Ez 46:14 - (B2) - 14 Acrescentarás cada manhã a oblação de sete litros e meio e dois litros de azeite para umedecer a farinha. É a oblação ao Senhor, estabelecida por lei para sempre.

Núm 28:5 - (B1) - e a décima parte de um efi de farinha, que seja amassada na quarta parte de um hin de azeite puríssimo.

Núm 28:5 - (B2) - 5 junto com a oblação de quatro litros e meio de flor de farinha amassada com dois litros de azeite refinado.

Núm 15:1 a 16 - B2 - Ofertas voluntárias e compulsórias. 1 O Senhor falou a Moisés: 2 “Dirige a palavra aos israelitas e dize-lhes: Quando entrardes no país em que habitareis e que vos dou, 3 e fizerdes ao Senhor um sacrifício pelo fogo, um holocausto ou sacrifício em cumprimento de um voto, por ocasião de uma oferta espontânea ou das solenidades, sacrificando em suave odor ao Senhor bois e ovelhas, 4 o ofertante apresentará ao Senhor uma oferenda de quatro litros e meio (- B1 - décima parte de um efi) de flor de farinha amassada com dois litros (- B1 - a quarta parte de um hin)  de azeite. 5 Como libação apresentarás dois litros (- B1 - um quarto de um hin) de vinho para cada cordeiro, além do holocausto ou sacrifício. 6 Se for um carneiro, farás uma oblação de nove litros (- B1 - duas dízimas de um efi) de farinha amassada com três litros (- B1 - um terço de um hin) de azeite. 7 Para a libação apresentarás três litros (- B1 - um terço de um hin) de vinho, como perfume suave ao Senhor. 8 Se ofereceres um bezerro em holocausto por um voto ou em sacrifício pacífico ao Senhor, 9 acrescentarás uma oferenda de treze litros e meio (- B1 - três dízimas de um efi) de flor de farinha amassada com quatro litros e meio (- B1 - meio hin) de azeite, 10 e quatro litros e meio (- B1 - meio hin) de vinho para a libação, como sacrifício pelo fogo, de suave odor ao Senhor . 11 Assim se fará para cada touro, carneiro, cordeiro ou cabrito. 12 Qualquer que seja o número de vítimas oferecido, fareis para cada uma a oferta correspondente. (Obs.: um hin de medida de volume, parece ser 9 litros, e em Núm 15:5 poderemos ter 2,25 litros ao invés de 2 litros).

Sextário = 7,5 litros = 1/6 de um efi

Siclo = 11,4 gramas ou 10 gramas

Pela tabela da - B2 - = 11,4 gramas.

Êx 30:13 - (B1) - Todos os que se compreenderem neste arrolamento, darão meio siclo, segundo a medida do templo. ...

Êx 30:13 - (B2) -  13 Cada um que passar pelo censo dará cinco gramas de prata, segundo o peso padrão do santuário. Estes cinco gramas serão, pois, o tributo dado ao Senhor.

Lev 27:25 - (B1) - Toda a avaliação será feita pelo peso do santuário. O siclo tem 20 óbulos.

Lev 27:25 - (B2) - 25 Qualquer avaliação será feita de acordo com o siclo do santuário, cujo peso corresponde a dez gramas.

1 Sam 17:5 a 7 - 5 e trazia na cabeça um capacete de cobre, e vinha revestido duma couraça escameada, e o peso pois da couraça era perto de cinco mil ciclos de cobre: 6 e trazia cobertas as pernas dumas botas de cobre: e um escudo de cobre cobria os seus ombros: 7 a haste da sua lança era como o órgão dum tear, e o mesmo ferro da sua lança pesava 600 siclos de ferro: e o seu escudeiro vinha adiante dele.

(O peso da couraça de Golias (filisteu) era perto de cinco mil siclos de cobre (57 Kg). O ferro de sua lança, pesava seiscentos siclos de ferro (6,84 Kg, portanto 1 siclo = 11,4 gramas).

(Obs.: Conforme a tabela anexa, o siclo tem 11,4 g, porém conforme Lev 27:25, o siclo tem 10 g, e ambas as referências são da bíblia 2.).

Óbulo = 20 siclos

Lev 27:25 - (B1) - Toda a avaliação será feita pelo peso do santuário. O siclo tem 20 óbulos.

Tonel = 1 coro

1Rs 5:25 - (B1) - E Salomão dava a Hirão para sustento da sua casa vinte mil coros de trigo, e vinte coros de puríssimo azeite.

1Rs 5:25 - (B2) - De fato Hiram ia fornecendo a Salomão as madeiras de cedro e junípero, quantas ele queria. 25 Salomão, por sua vez, entregava a Hiram 20.000 tonéis de trigo como sustento da casa dele, bem como 20 tonéis de azeite fino.

Índice PMD 18B


Conversões entre medidas  Índice PMD 18B

Obs. 1 - As tabelas a seguir foram retiradas da Bíblia 2, e complementadas com a Bíblia 1, porém na Bíblia 2 há referências que atribuem outros valores à mesma unidade. Ex.: Pela tabela 1 ciclo = 11,4 g, e conforme Lev 27:25 Qualquer avaliação será feita de acordo com o siclo do santuário, cujo peso corresponde a dez gramas.

Pesos   Índice PMD 18B

 

Hebraico

Relação

Kg

talento

kikkar

3000

34,272 Kg

mina

maneh

50

571,2 gr

siclo

sequel

1

11,424 gr

meio-siclo

beqa / beca

1/2

5,7 gr

1 grão

gerâ / gera

1/20

0,6 gr

Medida de Capacidade Para Sólidos  Índice PMD 18B

 

Hebraico

Relação

Kg

coro

hömer / kör

10

450

almude

'efâ

1

45

alqueire

se'â

1/3

15

décima

'issaron  / 'omer

1/10

4,5

 Medidas de Comprimento  Índice PMD 18B

 

Hebraico

Relação

cm

côvado

'ammâ

1

44

palmo

zeret

1/2

22

mão

tofah

1/6

7

dedo

'esba

1/24

2

 Medida de Capacidade Para Líquidos  Índice PMD 18B

 

Hebraico

Relação

Litros

coro

kör

10

450

metreta

bat

1

45

efi

bat

1

45

gomor   1/10 4,5

sextário

1/6 de efi

1/6

7,5

 

hin

 

6 ???

 

hin

 

8 ???

 

qab

1/18

2,5

quatrilho

log

1/72

0,6

 Índice PMD 18B

(Não foi possível estabelecer uma relação direta entre as moedas.)

GREGAS

gr

Relação

Relação

gr

ROMANAS

estatere ático, ouro

8,6

20

 

 

 

tetradracma ática, prata

17,40

4

 

 

 

tetradracma de Tiro Chamada às vezes estatere (Zc 11:12; Mt 17:27 - (B2) -  26 em - (B1) -)

14,40

3

 

 

 

didracma ática, prata

8,60

2

 

 

 

Sob o Império

7,0

1,5

 

 

 

dracma ática, prata

4,36

1

 

4,55

denário, prata, até 216 AC

 

 

 

1

3,85

De 216 AC até Nero

No tempo do Império

3,50

3/4

 

3,41

A partir de Nero

 

 

 

1/4

25,40

sestércio, cobre, 4 asses

óbolo ática, prata

0,72

1/6

1/8

15,50

dipôndio, cobre, 2 asses

 

 

 

1/16

10

asse ou assário, bronze, sob Augusto

calco ático, bronze

8,60

1/48

1/32

4,5

semis, sob Augusto, bronze, meio asse

Sob Antíoco IV

6

 

 

 

 

 

 

 

1/64

3,10

quadrante, bronze, 1/4 de asse

lepto ático, bronze. Um sétimo de calco; às vezes sinônimo de óbulo, de calco (Mc 12:42; Lc 21:2; 12:59)

 

1/336

 

 

 

Zac 11:12 - (B1) - 12 E eu lhes disse: Se parece bem aos vossos olhos, dai-me a recompensa que me é devida: e se não, deixai-vos disso. Então me pagaram eles pelo meu salário trinta moedas de prata.

Zac 11:12 - (B2) - 12 E eu lhes disse: “Se isto vos parece bom, dai-me o meu salário, se não, deixai!” E eles pesaram o meu salário: trinta siclos de prata.

Mt 17:27 - (B2) - 27 Mas, para não os escandalizarmos, vai ao mar, lança o anzol, pega o primeiro peixe que morder a isca, abre-lhe a boca e nela acharás uma moeda. Retira-a e dá por mim e por ti”.

Mt 17:26 - (B1) -  26 Mas para que os não escandalizemos, vai ao mar, e lança o anzol: e o primeiro peixe que subir, toma-o: e abrindo-lhe a boca, acharás dentro um estáter. Tira-o, e dá-lho por mim e por ti

Mc 12:42 - (B1) - E tendo chegado uma pobre viúva, lançou duas pequenas moedas, que importavam um real.

Mc 12:42 - (B2) - 42 Veio, então, uma pobre viúva e pôs no cofre apenas duas moedinhas no valor de alguns centavos.

Lc 21:2 - (B2) - 2 Viu também uma viúva pobre que depositava duas moedinhas,

Lc 12:59 - (B1) - 59 Digo-te, que não sairás dali, enquanto não pagares até o último ceitil.

Lc 12:59 - (B2) - 59 Digo-te que não sairás de lá enquanto não pagares o último centavo

Índice

Referências

João Batista Trigo Moreira

 Objetivo - O objetivo da pesquisa é o estudo do tema apocalipse, tomando-se como base para leitura a bíblia - (B1) - e as bíblias 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10 para dirimir dúvidas de entendimento da leitura.

Nenhum dos textos originais de cada bíblia foi alterado, sendo transcritos na sua íntegra, ressalvando-se erros de datilografia quando identificados.

Durante a pesquisa surgiram novos temas que foram incluídos à pesquisa inicial em novos títulos. Em 28/03/2004 são 29 títulos, sendo alguns divididos em sub-títulos, conforme o arquivo índice.doc.

Na pesquisa há algumas conclusões ou dúvidas em sua forma inicial. Estas  conclusões ou dúvidas foram aperfeiçoadas ou dirimidas durante a pesquisa. Porém ainda estão como foram descritas naquele momento.  Posteriormente  será necessário rever toda a pesquisa, para atualizar estes itens.

Para cada item da pesquisa, são referenciados vários pontos da bíblia, para permitir  uma melhor conclusão.

A grafia de diversas palavras, como nomes de lugares, pessoas, objetos, pesos, medidas, meses, etc. são diferentes nas diversas bíblias. Como padrão, nos meus índices e comentários sigo a grafia da bíblia 1, utilizada para leitura, e nas transcrições das demais bíblias, utilizo as próprias grafias. O resultado disto é que uma certa palavra pode estar escrita com mais de uma forma.

A transcrição das bíblias para a pesquisa, é feita de forma integra, incluindo a pontuação e grafia de cada bíblia, ressalvados erros de digitação quando identificados. As bíblias atribuem nomes parecidos a pessoas, coisas ou lugares, o que será percebido na comparação dos textos.

As transcrições iniciais foram retiradas da bíblia - (B1) - de tradução do Padre Antônio Pereira de Figueiredo, editada pela Editora Paumape Ltda. - R. Bento Freitas,362 - 3’ and. - (011) 258-7895 - CEP 01220 - S. Paulo / SP.

Posteriormente para as transcrições foi utilizada a bíblia - (B2) - de co-editoria da Editora Vozes Ltda. com a Seafox Engenharia de Software, Comissariado da Terra Santa e James King, em CD Rom. Editora vozes: R. Frei Luis, 100 - caixa postal 90023 - (0242) 43-5112 - Petrópolis / RJ.

A partir de 8/11/1998 foram incluídos textos de outra bíblia - (B3) - (bíblia de bolso) da editora Edições Paulinas, traduzida da Vulgatra e anotada pelo Pe. Matos Soares, com aprovação eclesiástica, edição de 1982. O objetivo foi dirimir dúvidas entre as duas primeiras bíblias, com ênfase a Dan 8:14.

Em 8/11/1998 foi também incluída uma quarta bíblia - (B4) - da editora Edições Loyola, com traduções dos textos originais hebraico e grego, edição de 1995 com direção de Gabriel C. Galache – ISBN 85-15-01258-8. Edições Loyola – Rua 1822 núm. 347 – Ipiranga São Paulo SP – Cep 04216-000 – Caixa postal 42.335 – Cep 04299-970 – Fone (011)914-1922 e Fax (011) 63-4275.

Em 9/10/2005 foi incluída uma quinta bíblia - (B5) - da imprensa bíblica brasileira,  59ª impressão - 1984, com tradução para o português por João Ferreira de Almeida. Com o certificado núm. 26.617 BN da JUERP / Imprensa Bíblica Brasileira. A Imprensa Bíblia Brasileira foi criada em 1940, sendo uma divisão da Junta de Educação Religiosa e Publicações da Convenção Batista Brasileira (JUERP), e foi a primeira  entidade a imprimir a bíblia no Brasil.

A partir de 17/07/2011 passei a incluir consultas às bíblia na Internet, no site http://www.bibliacatolica.com.br/, com as transcrições: Bíblia Ave Maria - B6 -, Bíblia da CNBB - B7 -, Bíblia Sagrada - B8 -, La Bíblia de Jerusalém - B9 - e Catholic Public Domain Version - B 10 -.

Quando for necessário, para melhor entendimento do texto, serão descritos os textos de duas ou mais bíblias, com a adição das letras (B1), (B2), e assim por diante. Quando não houver a identificação, o texto pertence à bíblia (B1).

A partir de 17/08/2013 incluí para leitura o "O Evangelho segundo o Espiritismo" de Allan Kardec - (E1) -, tradução de J. Herculano Pires, 4ª edição de fevereiro de 1995, do 48º ao 62º milheiro, da Livraria e Editora Espírita Humberto de Campos, R. Sto. Amaro, 372 - Bela Vista - São Paulo - SP - CGC 61.669.966/0003-72.

Para transcrição dos textos foi utilizado "O Evangelho segundo o Espiritismo" - (E2) -, retirada da Internet em PDF, tradução de J. Herculano Pires, 59a Edição de novembro de 2003, do 1132° ao 1151° milheiro, da LAKE - Livraria Allan Kardec Editora (Instituição Filantrópica) Rua Assunção, 45 - Brás - São Paulo - SP - CEP 03005-020 - Tels.: (011) 229-1227 e 229-0526

Programa utilizado para a digitação dos textos - Word da Microsoft, nas versões 95, 97, 2000, XP e 2003, conforme a época. Utilização do Front Page da Microsoft para edição em html a partir de 12-10-2004.

Convenções:

“?”  - Pesquisar melhor o assunto, ou verificar transcrição.

(·) - Informa que há um texto extenso complementar no final da pesquisa.

- (B1) - ou sem identificação, textos extraídos da bíblia 1.

- (B2) - Textos extraídos da bíblia 2, e assim sucessivamente.

(  ) - Textos entre parênteses, são em geral comentários meus, ou títulos apresentados na bíblia.

Sugestão para se titularizar um item da pesquisa:

Cada item dos índices deve estar no mesmo parágrafo, para facilitar a ordenação em ordem alfa-numérica.

Colocar como primeiras palavras do título, as que melhor definem o assunto do tema.
Ex:
Castigo Divino nunca é completamente destruidor.
Como título principal temos as palavras "Castigo Divino", onde será colocado o link e como título auxiliar, temos "
nunca é completamente destruidor"
Ex:
Carta ao anjo da igreja de Smirna.
Ex: Anúncio da vinda de Jesus.
Ex:
Messias, vinda do messias, montado sobre um jumento. Neste caso a palavra Messias foi repetida no título auxiliar, para melhor definir o sentido do tema.

 

Índice

Marcos e datas da pesquisa 

Início     - 01/02/1995

Adição  - 12/08/1995

Adição  - 29/03/1996

Adição  - 27/04/1996 Reanálise da pesquisa.

Adição  - 08/09/1996

Adição  - 01/05/1997 a 29/09/1997 Revisão.

Adição  - 19/03/1998

Adição  - 19/04/1998

Adição  - 27/09/1998

Adição  - 18/07/1999

Titularização, complemento e índice com  hiperlinks, para futura facilidade de leitura através de processadores de texto e publicação na internet. - 10/08/2003

Reinício da conversão do texto para publicação na internet - 28/03/2004

Titularização, complemento e índice com  hiperlinks, para futura facilidade de leitura através de processadores de texto e publicação na internet. - 10/08/2003

Reinício da conversão do texto para publicação na internet - 28/03/2004

Término da conversão do texto para publicação na Internet, em todas as pesquisas - 20-06-2004 às 20:00

Início da terceira leitura da bíblia (1 simples e 2 para a pesquisa) - 24/10/2004

Reorganização de edição do modo em texto para o modo em Internet - 31/12/2004

Adição - 08/01/2006

Correção  - 24/02/2008

Adição - 25/09/2011

Alteração de "Referências" - 18/08/2013

Início da primeira leitura do Evangelho segundo o Espiritismo - 04/08/2013

Correção de digitações - 18/08/2013

-

-

-

Término -   /  / 

Índice